Macela – Chá para que serve

Macela é uma muitas vezes considerada uma erva daninha.

Macela é uma erava aromática que cresce até 1 m de altura. Produz pequenas flores brancas com centros amarelos e folhas serrilhadas verdes. Ela é originária da América do Sul, incluindo Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Uso Medicinal

A erva também é conhecida por marcela e tem sido utilizada na medicina popular durante muitos anos.

O chá de infusão feito com toda a planta é usado como um remédio natural para cólica, nervoso, epilepsia, náuseas e problemas gástricos. Também é empregada como um anti-inflamatório, antiespasmódico menstrual, sedativo, e analgésico para distúrbios gástricos, problemas de fígado, diarreia, e disenteria. Esta mesma infusão é utilizada para reumatismo, nevralgias, dores musculares, e até mesmo menstrual.

Muitas pessoas esmagam as flores para serem adicionadas a travesseiros ou almofadas como ajuda para dormir.

Propriedades químicas

A análise fitoquímica da macela, que começou em meados dos anos 1980, mostra que ela é uma erva rica em flavonóides. Muitas das suas propriedades ativas são atribuídas a estes flavonóides, bem como ao terpenos.

Também foram encontrados na macela: macela Achyrocline polissacarídeos e achyrofuran, auricepyrone, cadinene, ácido caféico, callerianin, calleryanin, caryatin, cariofileno, ácido clorogênico, cineol, flavonas, galangina, germacreno D, gnaphaliin, italidipyrone, lauricepyrone, luteolina, ocimeno , pineno, pirona, quercetagetin, quercetina, scoparol, scoparone e tamarixetin.

Matérias Interessantes



6 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *