Manjerona – Origanum majorana

Manjerona é nativa da região mediterrânea.

A manjerona cresce principalmente na Sicília, e ganhou esse nome em homenagem a uma de suas cidades, Manjerona. Os moradores de Manjerona mantem a crença de que a manjerona tinha o poder de banir a tristeza. Além disso, a manjerona tem associações sagradas na religião hindu e foi muito usada na Idade Média, especialmente para preservar e desinfetar a carne que não estava fresca.

Da manjerona é produzido um óleo essencial perfumado que é amplamente usado em aromaterapia, e quando aquecido produz um efeito calmante para proporcionar alívio para dor muscular. As suas propriedades curativas incluem: combate a asma; dores de cabeça e acalmar o estômago e trato digestivo. Seu sabor suave pode ser apreciado como chá, pela aspersão de água sobre alguns raminhos de manjerona.

Além disso, a folha da manjerona tem sido utilizado para soltar o catarro. Ele atua como descongestionante e é útil em dores de cabeça, sinusite e bronquite. Usado como um tônico para o sistema nervoso, acredita-se que a manjerona seja mais calmante do que o orégano, e também é usado para reduzir a tensão e o estresse.

Um dos componentes da manjerona são os flavonóides, que têm qualidades de sedação, que ajudam a aliviar a insônia.

Promover a digestão saudável e tratamento a simples transtornos gastrointestinais, tais como perda de apetite, náusea, indigestão e flatulência é um outro benefício da manjerona. Os flavonóides podem também contribuir para manter as artérias do coração saudáveis, impedindo o acumulo de colesterol.

Contendo propriedades anti-inflamatórias, a manjerona pode ser usado internamente ou externamente. Alivia dores e, quando usado externamente, auxilia na redução da dor de dente, dor muscular, contusões, artrite, entorses e articulações rígidas. Usado internamente, ajuda no combate a graves cãibras no estômago, espasmos e menstruação dolorosa. Manjerona estimula a transpiração, o que também ajuda a livrar o corpo de toxinas através da pele. Além disso, esta qualidade ajuda na redução de febres, e ajuda a aliviar os sintomas de gripe e febre.

Na culinária, a manjerona é um excelente tempero para assados de frango e peru. Realça o sabor do feijão, sopas de ervilha, da cenoura e abóbora. Também funciona bem com queijos e pratos com ovos. É também utilizada na fabricação de salsichas caseiras e no preparo de carnes para serem defumadas.





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *