Maracujá – Benefícios Alimento Remédio

Agradavelmente doce e azedo, o maracujá é rico em nutrientes.

O maracujá é nativo de regiões subtropicais. A planta é um ávido alpinista (videira), que cresce em qualquer coisa que possa pegar através de gavinhas.

Através de investigação científica nas folhas do maracujá foram encontrados indutores do sono compostos que ajudam o corpo a relaxar e dormir melhor. Propriedades sedativas similares também estão nas flores que são usadas para tratar doenças relacionadas com problemas gastrointestinais, bem como para acalmar perturbações do sistema nervoso e excitação excessiva em crianças.

As propriedades anti-oxidantes do maracujá também foram identificados através de pesquisa. Os antioxidantes ajudam a inibir o crescimento de células cancerosas. Outros fitoquímicos no maracujá  têm propriedades que protegem as funções do coração e ajudar a luta contra a doença coronária.

O maracujá também contém anti-alérgicos que ajudam a suprimir a asma.

Outra propriedade desses frutos é que eles estimulam a função de digerir. O maracujá contem a presença de compostos que ajudam na absorção de nutrientes vitais, vitaminas e minerais, e minimizam a absorção de carboidratos, colesterol ruim e açúcares.
O maracujá é rico vitaminas A, B e vitamina C. Os frutos são uma rica fonte de ferro e cálcio, vital para as células do sangue e ossos saudáveis, respectivamente. Além disso, maracujá é rico em fibras naturais que ajudam na circulação digestiva e na limpeza do cólon.

Maracujá 1 Maracujá   Benefícios Alimento Remédio

Maracujá 2 Maracujá   Benefícios Alimento Remédio

Maracujá 3 Maracujá   Benefícios Alimento Remédio

Maracujá 4 Maracujá   Benefícios Alimento Remédio

Maracujá 5 500x375 Maracujá   Benefícios Alimento Remédio



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>