Rubim – Origem Benefícios Preço

Rubim considerada como erva daninha

O Rubim é nativo de regiões menos áridas da África, da Índia e do Caribe. Apesar de estudos ainda não terem verificado todos os usos medicinais desta planta, um chá feito de suas folhas é comumente usado pelos herbalista para acalmar os nervos, curar queimaduras, aliviar os sintomas de febre ou resfriado, e até mesmo combater a malária.

O Rubim pertencente à família Lamiaceae.A planta é frequentemente usado como um medicamento, mas algumas pessoas, até mesmo usam  fumar a erva como uma alternativa levemente eufórico à maconha.

Os benefícios de saúde da Leonotis nepetifolia supostamente vêm de vários componentes essenciais. Vários alcalóides naturais, como stachydrene e Leonurine. Flavonóides como a quercetina, apigenina, rutina e hiperosídeo também são creditados por alguns herbalistas de suprir o organismo com níveis elevados de enzimas potencialmente benéficas, o que pode aliviar a asma e até mesmo combater o câncer. Esta planta também contém polifenóis e glicosídeos, que muitas vezes os médicos especialistas apontam como benéficos constituintes das ervas.

A lista de usos potenciais do Rubim é bastante longa, no entanto, porém para estudos precisam ser feitos. Além dos usos acima mencionados, estes chás e tinturas também são usados ​​para aliviar a hipoglicemia e dor da artrite. Em Trinidad, o Rubim é muito usado para curar resfriado e febre e também é amplamente utilizado por asmáticos. Alguns até usam a erva para aliviar problemas cardíacos, de palpitações irregulares à hipertensão. É também utilizado para controlar a menstruação e como um agente antibacteriano leve.

rubim planta 1 Rubim   Origem Benefícios Preço

rubim planta 2 500x210 Rubim   Origem Benefícios Preço

rubim planta 3 Rubim   Origem Benefícios Preço

rubim planta 4 Rubim   Origem Benefícios Preço

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>