Zimbro – Juniperus communis

Zimbro ou genebreiro

Há cerca de 60 espécies de zimbro, mas o que rende frutos para uso culinário e medicinal é Juniperus communis. Este é um arbusto perene espinhoso, que pode chegar a medir entre 2 a 4 metros de altura.

As bagas de zimbro já eram conhecidas dos  Antigos. Eles foram encontradas em habitações pré-históricas da Suíça, e menciononadas em papiros egípcios. Elas foram queimadas na Grécia antiga para combater as epidemias. Os romanos também a usavam como um forte anti-séptico. Plínio e Galeno recomendavam o uso de zimbro para problemas de fígado.

O botânico renascentista alemão, Fuchs, considerava o zimbro um remédio universal, recomendando-o para praticamente qualquer problema de saúde.

Atualmente foi-se decoberto que as principais propriedades do zimbro: são anti-reumática, anti-séptico, depurativa, diurético, estomacal, carminativo, sudorífica e tônico. E se usado externamente, é um parasiticida.

As bagas, são usadas na preparação de extrato eficaz para o tratamento da cistite (inflamação da bexiga). Enquanto o medicamento herbal é útil no alívio de retenção de líquidos. Zimbro tem um efeito balsâmico, além disso, esta erva também alivia dores no abdomen e os intestinos, ao passo que a promove o bom funcionamento  estômago. Bagas de zimbro também demonstra resultado positivos no tratamento de doenças pulmonares como expectorante e descongestionante eficaz. Além disso, zimbro e medicamentos preparados com seu extrato estimula a menstruação, bem como aumenta o fluxo menstrual.





3 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *